Quarta, 24 de Julho de 2024
Publicidade

Com recursos de R$ 419,9 mil do Estado, Cambará ganha Casa do Mel

Empreendimento vai receber o produto da agricultura familiar onde será beneficiado e entregue ao mercado. Apoio do Governo é pelo Programa Estadua...

05/07/2024 às 11h52
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Paraná
Foto: Reprodução/Secom Paraná

A agricultura familiar de Cambará, no Norte Pioneiro, tem desde esta quinta-feira (04) um local onde entregar o mel produzido em suas propriedades para ser beneficiado e entregue ao mercado. A Casa do Mel Fernando Zawadzki, que teve apoio do Estado, fará o trabalho de recebimento, extração, centrifugação, filtração, decantação, estocagem e comercialização.

O empreendimento recebeu R$ 419,9 mil do Estado, pelo Programa Estadual de Apoio ao Cooperativismo da Agricultura Familiar (Coopera Paraná). Os recursos foram entregues à Associação Cambaraense de Agricultores Familiares (Acaf). A prefeitura investiu R$ 94 mil em equipamentos. Também contou com apoio dos técnicos do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater (IDR-Paraná) na elaboração do projeto.

A Unidade de Extração e Beneficiamento de Mel contou ainda com os esforços da comunidade para levantar a estrutura de 163,56 metros quadrados. “Fico feliz com esse projeto porque ajuda os produtores a ganhar dinheiro, ajuda a ter dignidade, e esse é o nosso dever", disse o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Natalino Avance de Souza.

Segundo ele, o envase do mel vai ajudar na melhoria da renda dos produtores. Um quilo de mel no atacado é vendido por cerca de R$ 10,00 na região Norte Pioneiro, enquanto o quilo beneficiado entregue em um mercado de Curitiba sai por até R$ 40,00. "É um ganho e esse dinheiro tem de circular aqui", reforçou.

O secretário também elogiou a associação por ter conseguido os recursos no Coopera Paraná. "O Coopera está à disposição de todo o Paraná, mas somente são contemplados aqueles que apresentam bons projetos, que é o caso da Associação Cambaraense de Agricultores Familiares. Temos respeito pelo que vocês estão fazendo", afirmou.

A associação existe há cerca de 20 anos e conta com 30 apicultores que produzem de 30 mil a 40 mil quilos por ano. Segundo o presidente Bruno Gandra, atualmente eles têm apenas a opção de vender no atacado. Com a indústria poderão diversificar. "Vai agregar valor ao produto", afirmou.

NOME– Fernando Zawadski era veterinário e faleceu em 2021. Ele atuou como responsável técnico do Serviço de Inspeção Municipal de Produtos de Origem Animal em Cambará e foi um dos principais agentes na idealização e execução do projeto da Casa de Mel.

VBP– O município de Cambará produziu 35 mil quilos de mel em 2023, o que resultou em Valor Bruto de Produção (VBP) próximo a R$ 552 mil.

PRESENÇAS– Participaram do evento o presidente do IDR-Paraná, Richard Golba, o deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli, o chefe do Núcleo Regional da Seab em Jacarezinho, Fernando Emmanuel, o chefe do Núcleo Regional em Cornélio Procópio, Fernando Itimura, o gerente regional do IDR-Paraná, Maurício Castro Alves, o gerente regional da Adapar, Mário Ferri, servidores do Sistema Estadual de Agricultura, servidores do município, representantes de entidades financeiras, familiares de Fernando Zawadski e dezenas de agricultores familiares.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias