Domingo, 26 de Junho de 2022
15°

Poucas nuvens

Maripá - PR

Municípios Maripá

Caminhada marca Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa em Maripá

O objetivo da data é sensibilizar a sociedade para o combate das diversas formas de violência cometida contra a pessoa com idade igual ou superior a 60 anos.

16/06/2022 às 08h47
Por: Redação Fonte: Prefeitura do município de Maripá - Camila Angst
Compartilhe:
Caminhada marca Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa em Maripá

Nesta quarta-feira, 15 de junho, celebra-se o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. O objetivo da data é sensibilizar a sociedade para o combate das diversas formas de violência cometida contra a pessoa com idade igual ou superior a 60 anos.

Em Maripá, a Secretaria de Assistência Social juntamente com o Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CMDI) organizou uma caminhada no Lago Municipal pela manhã. O tema também está sendo abordado durante os encontros da Terceira Idade que ocorrem semanalmente na sede do município e nos distritos de Candeia e Pérola Independente.

O objetivo é divulgar os canais de denúncia, mobilizando toda a população a agir. “Em nosso município, cerca de 20% da população tem mais de 60 anos, o que reforça a necessidade de conscientizar as pessoas, levando informação e mobilizando a comunidade para que denunciem toda suspeita de violência”, pontua a vice-prefeita, Janaína Müller Geraldi.

Segundo a psicóloga da Secretaria de Assistência Social, Juliana Pastore Massocatto, existem várias formas de violência e, na maioria das vezes, o agressor é morador da mesma residência que a pessoa idosa. “Qualquer pessoa que suspeite de violência, seja ela física, psicológica, financeira ou negligência, pode denunciar de forma anônima com ligação totalmente sigilosa pelo Disque 100, Disque Idoso 0800 041 00 01 ou à Polícia Militar pelo 190”, explica.

O Estatuto do Idoso considera violência contra o idoso qualquer ação ou omissão que lhe cause morte, dano ou sofrimento físico ou psicológico. Entre os tipos de violência mais comuns estão: negligência; violência psicológica como humilhação, hostilização e xingamentos; violência financeira que envolve, por exemplo, retenção de salário e destruição de bens; e a violência física. Geralmente, os maiores agressores são familiares próximos, como filhos, netos e 90% das vezes, a violência é praticada dentro da casa da vítima, no caso a pessoa idosa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias