Sábado, 28 de Maio de 2022
15°

Chuva

Maripá - PR

Agricultura Paraná

Na abertura do Superagro 2022, Estado defende uso de tecnologia para boa agricultura

O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, destacou, nesta terça-feira (18), a importância da tecnologia e da inovação como...

18/01/2022 às 17h35
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Compartilhe:
Foto: agro100.com.br
Foto: agro100.com.br

O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, destacou, nesta terça-feira (18), a importância da tecnologia e da inovação como pilares para se praticar boas agricultura e pecuária. Ele fez um discurso na abertura do Superagro 2022, promovido pela empresa Agro 100, em Londrina, no Norte do Estado.

“Hoje é preciso refinar o conhecimento, saber usar a agricultura de precisão ao extremo, pois com isso poderemos fazer mais e melhor com menos recursos”, salientou. Mas, segundo ele, não basta apenas produzir, é preciso ser sustentável. “E ser sustentável no agro é produzir sem destruir, sem afetar o ambiente e sem comprometer as gerações futuras”, afirmou.

De acordo com ele, eventos como o promovido pela empresa londrinense são importantes para levar conhecimento técnico aos produtores. “Todo mundo ganha com parceiros procurando aprimorar os processos do sucesso da economia brasileira, do ganha-pão paranaense”, afirmou Ortigara. “Gente produzindo conhecimento a partir de conhecimento, não mais de empirismo”.

POTENCIAL – O secretário reforçou as potencialidades do agronegócio paranaense que, mesmo em meio às adversidades socioeconômicas e às condições climáticas desfavoráveis, conseguiu se sobressair. Em 2020, o Paraná foi o segundo maior produtor de grãos, com Valor Bruto de Produção alcançando R$ 128,3 bilhões.

De acordo com a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em 2021, o agro paranaense exportou US$ 15,15 bilhões. Esse número mostra crescimento de 13,9% em relação a 2020, representando 79,6% de tudo que o Estado enviou para o Exterior e 12,6% das exportações do agro brasileiro.

“São quase 14% a mais em dólar, ou seja, fomos capazes de mandar para o mundo coisas que voltaram a se valorizar, a soja e o milho que se transformaram em proteína animal e ganharam preço no ano passado”, disse Ortigara.

Em importações, particularmente na compra de insumos e fertilizantes, o Paraná investiu US$ 2,19 bilhões, registrando crescimento de 31,8% em relação a 2020. Dessa forma, entre exportações e importações, o agro paranaense fechou o ano no positivo, com US$ 12,96 bilhões líquidos.

EVENTO– Esta é a 7ª edição do Superagro , evento que já se tornou referência técnica e comercial. A programação segue até sexta-feira com várias palestras. Também é possível visitar as empresas produtoras de sementes, insumos, maquinários e serviços da agricultura digital.

A feira conta com circuitos de campo, palestras técnicas e oficinas com profissionais do agronegócio além de uma estrutura completa, com estacionamento para mais de 300 veículos, praça de alimentação, balcão de negócios, segurança, internet e ponto de atendimento médico. Para a nova edição do SuperAgro, são esperados mais de 60 expositores, dos quais já estão confirmados Bayer, Agroceres, Oroagri, Microxisto, BASF, Mosaic, Superbac, Intacta Xtend, Ho Genética, TMG, Don Mario, FMC, UPL, Adama, entre outros.

Na edição passada, em 2020, o SuperAgro registrou 5 mil 700 visitantes de 315 municípios de 12 estados diferentes. O volume de negócios resultou em um faturamento de R$ 150 milhões.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias