Quinta, 06 de Maio de 2021 16:47
44 99988-4455
Geral Desperdício Dinheiro

Mesmo sem Carnaval, prefeitura de SP gasta R$ 33 milhões com escolas de samba

A prefeitura alegou em nota que o acordo já estava firmado

22/02/2021 09h30
337
Por: Redação Fonte: Gospel Prime
Mesmo sem Carnaval, prefeitura de SP gasta R$ 33 milhões com escolas de samba

Mesmo com o cancelamento do Carnaval, a prefeitura de São Paulo repassou em 2021 o valor de R$ 33 milhões com blocos carnavalescos e escolas de samba, mantendo um custo milionário para os pagadores de impostos que residem na capital paulista.

A prefeitura alegou em nota que o acordo já estava firmado e que os valores seriam, na verdade, relativos ao ano passado. “O contrato firmado com a SPturis, ainda em 2020, é de R$ 33 milhões e neste momento estão sendo estudadas alternativas para aplicação nos desfiles de 2022”, informou.

Mesmo sem a festa popular no calendário oficial do município, depois que o prefeito Bruno Covas (PSDB) cancelou as festividades por causa da pandemia, as agremiações receberam os repasses das quantias, conforme informou o G1, portal da Globo.

Os repasses foram para as seguintes agremiações:

  • Liga SP

Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo. Tem como associadas as 36 escolas de samba dos grupos especial e acesso (I e II).

→ R$ 27,1 milhões (cachês);

→ R$ R$ 488 mil (premiações).

  • UESP

União das Escolas de Samba Paulistanas. Cuida dos desfiles das divisões inferiores das escolas de samba da capital pauli

Mesmo com o cancelamento do Carnaval, a prefeitura de São Paulo repassou em 2021 o valor de R$ 33 milhões com blocos carnavalescos e escolas de samba, mantendo um custo milionário para os pagadores de impostos que residem na capital paulista.

A prefeitura alegou em nota que o acordo já estava firmado e que os valores seriam, na verdade, relativos ao ano passado. “O contrato firmado com a SPturis, ainda em 2020, é de R$ 33 milhões e neste momento estão sendo estudadas alternativas para aplicação nos desfiles de 2022”, informou.

Mesmo sem a festa popular no calendário oficial do município, depois que o prefeito Bruno Covas (PSDB) cancelou as festividades por causa da pandemia, as agremiações receberam os repasses das quantias, conforme informou o G1, portal da Globo.

Os repasses foram para as seguintes agremiações:

  • Liga SP

Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo. Tem como associadas as 36 escolas de samba dos grupos especial e acesso (I e II).

→ R$ 27,1 milhões (cachês);

→ R$ R$ 488 mil (premiações).

  • UESP

União das Escolas de Samba Paulistanas. Cuida dos desfiles das divisões inferiores das escolas de samba da capital paulista.

→ R$ 3,4 milhões (cachês);

→ R$ R$ 55 mil (premiações).

  • Abasp

Associação de Bandas Carnavalescas de São Paulo. Apesar do nome, organiza alguns blocos de carnaval.

→ R$ 235 mil.

  • ABBC

Associação das Bandas, Blocos e Cordões Carnavalescos de São Paulo. Assim como a Abasp, cuida do chamado carnaval de rua da cidade.

→ R$ 118 mil.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Maripá - PR
Atualizado às 16h36 - Fonte: Climatempo
15°
Chuva

Mín. Máx. 15°

15° Sensação
20.6 km/h Vento
77.1% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (07/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 19°

Geada
Sábado (08/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 22°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias