Domingo, 19 de Setembro de 2021
22°

Poucas nuvens

Maripá - PR

Esportes Brasileirão

Clubes querem parar Brasileirão em represália ao Flamengo

A medida seria motivada por causa da liberação de público para jogos do clube carioca

15/09/2021 às 08h22
Por: Redação Fonte: Terra
Compartilhe:
Clubes querem parar Brasileirão em represália ao Flamengo

O Brasileiro da Série A pode parar no fim de semana. Essa medida está em avaliação por 19 clubes da elite nacional como represália ao Flamengo, que obteve autorização do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para liberar a presença de público em seus jogos. Nesta quarta, uma posição mais clara deve ser divulgada em conjunto por Grêmio, Atlético-MG, Palmeiras, Inter, São Paulo, Santos, Corinthians, Fluminense e companhia.

Existe a possibilidade real de que a rodada do fim de semana da Série A não seja disputada, como revelou inicialmente o Uol. A CBF vai tentar demover os clubes de levar a cabo a paralisação e buscará em caráter de urgência um entendimento entre eles; para isso, pretende reuni-los até o fim do dia, segundo o Terra apurou.

Torcedores do Flamengo já podem voltar ao Maracanã e isso cria impasse do Rubro-Negro com os demais clubes da Série A 27/11/2019 REUTERS/Sergio Moraes Foto: Reuters
Caption

A contrariedade dos dirigentes de clubes da Primeira Divisão aumentou bastante nessa terça (14), após o STJD negar o pedido de 17 deles – Atlético-MG e Cuiabá não assinaram o documento, mas apoiam o boicote – para voltar atrás na liminar que autorizou a presença de torcedores nas partidas do Flamengo pelo Brasileiro e Copa do Brasil

O que opõe o Flamengo aos demais coirmãos é a deliberação de que o público só poderia voltar a ter acesso aos estádios quando os Estados respectivos de todos os clubes da Série A dessem sinal verde para isso, a partir da redução dos casos de covid-19 e das mortes provocadas pela doença.

Os 19 defendem que haja igualdade de condições e estão solidários ao Grêmio, que enfrenta sob protesto o Flamengo, nesta quarta, no Rio, pela Copa do Brasil, com a torcida rubro-negra ocupando parte das cadeiras do Maracanã.

Na semana passada, em Porto Alegre, no primeiro confronto entre ambos pelas quartas de final da Copa do Brasil, a torcida não pôde comparecer à Arena do Grêmio.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias