Sexta, 14 de Agosto de 2020 22:27
44 99988-4455
Maripá Vacinação

Vacinação contra a gripe encerra hoje para grupos prioritários

Vacinação contra a gripe encerra hoje para grupos prioritários

30/06/2020 14h33 Atualizada há 1 mês
38
Por: Redação
Vacinação contra a gripe encerra hoje para grupos prioritários

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe encerra hoje (30) para os grupos prioritários. Em Maripá, a meta geral de vacinação, que é de 90%, foi alcançada e passou dos 95%. O público-alvo da campanha que ainda não se vacinou deve procurar uma unidade de saúde portando a sua Carteira de Vacinação até as 16h30 de hoje.

No Centro de Saúde da sede do município, as vacinas estão sendo aplicadas no auditório, com entrada pelo portão lateral. Nos distritos de Candeia e Pérola Independente, o atendimento é feito nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

A vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para a COVID-19, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde.

Veja a cobertura de cada grupo prioritário, que devem se vacinar até as 16h30 desta terça-feira (30) caso ainda não tenham sido imunizados:

  • Trabalhadores da saúde: 128,38%;
  • Idosos acima de 60 anos: 103,61%;
  • Profissionais das forças de segurança e salvamento: 50%;
  • Pessoas com doenças crônicas: 60,36%;
  • Caminhoneiros: 85%;
  • Motoristas do transporte coletivo: 20%;
  • Crianças de 6 meses a menores de 6 anos: 104,02%;
  • Pessoas com deficiência: 18 pessoas vacinadas, sem estimativa de população;
  • Gestantes: 55,88%;
  • Puérperas: 63,64%;
  • Pessoas de 55 a 59 anos: 56,83%;
  • Professores: 69,52%.

*Alguns grupos ultrapassam os 100% de cobertura vacinal, pois a meta é baseada na quantidade de pessoas imunizadas no ano anterior.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias